Pesquisando

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Poesias Nada Convencionais - Cansado por Natureza

[originalmente escrita em 20:20 24/9/2007]

CANSADO POR NATUREZA

Cansei
Cansera danada
Preguiça aguda
Falta do que fazer
Cansei

Cansera danada
De tudo de nada
Do ato de fala
"Obrigada" "de nada"
Cansei

Preguiça aguda
Como isso me ajuda
Falta do que fazer
Falta do que NÃO ser
Cansei

Dia de muito, véspera de nada
(Esse poema é cansado por natureza)