Pesquisando

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Poesias Nada Convencionais - Reabilitação

[originalmente escrita em 20:03 24/9/2007]

REABILITAÇÃO (E não tem nada a ver com a Amy Casa de Vinho!!!)

Toda vez que começo uma história
Tem sempre aquele quê da música do New Order
Aquela que a menina bonita cantava
Aquela que minha cabeça abraçou a idéia

Toda vez que penso em vc, tenho uma tradução
Estranha para demonstrar que fico triste, bem triste
Que nem o canto daquele passarinho amarelo
Aquele que disse que tristeza não existe

A gente larga os costumes e alarga o sorriso
Um dia ele falha, desaba e afunda no copo d'agua
Fim de noite ele aparece, mas com outra imagem
O rostinho choroso de alguém, aquele que vc deveria se preocupar
(mas a vida é um ciclo vicioso e quando eu for pra reabilitação, eu aviso)

Estafa, sem mais idéias insanas, faz faltas
Nem vontade de chorar tem mais, sem seratonina
Poucas vezes que se arrepende do que faz, faz falta
Ausencia de emoções. A criatura virou a cria-dor
(Reabilitação - salvação - atenção - colação)