Pesquisando

terça-feira, 11 de março de 2014

empolgação anormal já conhecida

Então hoje estava naquela vibe de me sentir babaca novamente - porque bem, motivos tenho de sobra, mas o otimismo do carpe diem fatalista não me deixa pensar muito além do que até de noite antes de dormir... - e aí embaladinha com a linda canção de DeU2s "Who's gonna ride the Wild Horses" me vem essa empolgação anormal já conhecida.

Um ponto do cérebro funcional está: Não, não posso.

O fluxo bizarro de misturebas (incluindo meu baço) abaixo dos pulmões está: Posso sim! Tens meu aval de ser bem-sucedida!

Cérebro again: Posso não!

Um local mais abaixo do umbigo: Ah vai lá e vê no que dá... Coragem eu tenho, te asseguro.

Cérebro: Tem powha nenhuma! Vou nada! Fico cá que é melhor. Tou nessa pela ciência, não por nenhum interesse a mais...

Manipura pensando: (Esse é o mantra, esse é o mantra certo...? "Tou pela Ciência"?!)


É isso que quero me convencer, aiai... O coração não deu engasgos na garganta nem reviradas dentro da caixa toráxica.

O resto do meu corpo quando a empolgação vai embora (literalmente): Mas... mas... mas...

A vontade do coração é exatamente essa aí debaixo - dar logo uma porrada em tudo, no Plexo Solar, no umbigo, no cérebro e no resto do corpo.




Aí prenso tudo como posso debaixo dos bofes e volto pra casa não querendo ficar muito empolgadinha por amanhã.

[esse post foi criptografado para pesquisa posterior, vai que não tou errada assim e a intuição tá afiada...]
$(function(){$.fn.scrollToTop=function(){$(this).hide().removeAttr("href");if($(window).scrollTop()!="0"){$(this).fadeIn("slow")}var scrollDiv=$(this);$(window).scroll(function(){if($(window).scrollTop()=="0"){$(scrollDiv).fadeOut("slow")}else{$(scrollDiv).fadeIn("slow")}});$(this).click(function(){$("html, body").animate({scrollTop:0},"slow")})}}); $(function() { $("#toTop").scrollToTop(); });