Pesquisando

domingo, 3 de maio de 2015

o melhor dia da minha vida

E continuando as postagens das 20 coisas para se escrever quando estiver em um bloqueio de escrita, hoje será um tópico dificil de se tratar.

Write about the best day of your life.
Escreva sobre o melhor dia da sua vida.

E adivinha, eu não tive um dia inteiro, mas 3 partes de dias completando 1 inteiro (???)
(Nem eu entendi o que escrevi acima.)

O que me lembra de uma música MUITO fofa:


Tá, foram 3 ocasiões, em 3 partes de dias que completaram 1 dia inteiro. Acho que está mais explicado, acho... Não tenho certeza, anyways.

A manhã mais feliz da minha vida foi quando acordei e percebi que estava com paixonite aguda e que realmente algo na vida iria valer a pena desafiar a lógica. Sempre ocorre pelo período da manhã (Esses padrões estúpidos), sempre termina pela noite. Bem bacana isso. De nada mais me lembro.
#LeilaLopesFeelings

A tarde mais awesome que já tive foi quando conheci a pessoinha mais interessante guardadinha aqui no meu coração. Há 10 anos atrás ela me arrastou pra uma sessão de Prisioneiro de Azkaban, com muito nonsense envolvido, as primeiras afinidades noldorin acentuadas em fangirling (Sim, eu fangirling a pessoa muito, até além do recomendado pelos psiquiatras hahahahaha) e lots of hugs e mimos.

A noite mais incrível que já tive na minha vida foi quando descobri o que queria da minha vida acadêmica em um show do Tom Zé aqui na Ilha (muito bem acompanhada, aliás). Ver o Mestre no palco, aos 78 anos, esbanjando vigor, criatividade, vontade de aprender e de ensinar pro público e dando uma firmeza pro momento catártico foi como pisar no freio e dizer: "Pára com a moto na BR que vou ser professora universitária. Isso aê."
#VanessãoFeelings

Com a junção das três horas dá 1 dia, certo?
Certo.