Pesquisando

Mostrando postagens com marcador Clã do Profundo Inverno. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Clã do Profundo Inverno. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 3 de outubro de 2014

Projeto Feérico - Raine, a exilada.

[processando rascunhos da fila]

Como já sabem, estou formulando um Projeto de um possível livro ou talvez quadrinhos - ou sei lá, o que vier primeiro - sobre fadas, meio-fadas, coisas com glitter, pózinho de pirimpimpim e contos infantis. O Projeto Feérico está firme e forte e conforme o tempo vai passando vai tomando mais forma que o idealizado cerca de 2 anos atrás.

Parte desse Projeto foi influenciado por uma sessão de RPG de Changeling the Dreaming e contos espalhados sobre os personagens. Anteriormente eu havia apresentado o perfil da Angela (agora com nome) aqui no Blog e pretendo continuar colocando alguns destrinchamentos de personagens conforme a inspiração vem.

A escolhida de hoje é Raine, a sidhe de sangue Real e líder do grupo de Caçadores de Quimeras.



A concepção de Raine veio de uma velha fórmula que gosto de repetir até para poder dar peso aos outros personagens: alguém que quer se livrar do Passado, mas as pessoas ao seu redor sempre a lembram de seu status político. Partindo daquela de "Quem foi Rainha, nunca deixa o trono", é essa situação em que Raine se encontra. Como um estereótipo de sidhe básico, ela é obrigada a ser a detentora de responsabilidades que estão além dela, às vezes de forma inusitada e absurda.

A maioria das pessoas que a conhece sentem essa liderança exalando dela e sem perceberem se apoiam nas atitudes e ideias que ela tem durante as caçadas. Querendo ou não, Raine se torna uma líder mesmo quando tenta não mostrar que é - #aragornfeelings.