Pesquisando

prest'enção nesse trem aqui! [clica cá]

mudanças do eu-lírico/bibliotequices

Entonces... Resolvi dar uma repaginada nos esquemas do Bibliotequices - uma sessão que eu mantinha aqui desde outubro de 2015 - para or...

Mostrando postagens com marcador comunidade TLGBQI. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador comunidade TLGBQI. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 30 de julho de 2019

Economia Solidária da ADEH

A ADEH - Associação em Defesa dos Direitos Humanos está atuante em Florianópolis desde 1993. É uma ONG que dá auxílio psicológico, social e jurídico gratuito a comunidade LGBTs e mulheres cis vítimas de violências. Todos os profissionais que atuam na ADEH trabalham de forma voluntária, e a falta de recursos financeiros precarizam os nossos serviços.




Bora lá ajudar a galera da ADEH?
Com quantia mensal entre R$5,00 a R$100,00 você pode ajudar a organização a manter seus serviços e acolhimento.


quarta-feira, 3 de julho de 2019

Projeto Biblioteca TLGBQIA+

Lembro de em uma das conversas francas com uma pessoa querida da Biblioteconomia, ela me dar aquele conselho-quase-puxão-de-orelha sobre eu não querer misturar público com privado (Eu sei, eu sei, herança estúpida de anos no armário de concreto e ferro, medo de ser notada e sofrer as consequências por isso) e na mesma conversa ela falar que era necessário dar voz para a gente mesma e só a gente poderia fazer isso.

Parece bem óbvio, mas na época eu morria de medo.
E ainda tenho, porque não entendo de muita coisa sobre o movimento/comunidade LGBT (só essas letras mesmo, porque vim da cultura GLS, aff), mas tou me esforçando para APENAS sacar o que eu, como pessoa trans, posso fazer para ajudar outras pessoas como eu de alguma forma.

Nem que seja com receita de bolo.
(Não garanto, não sei cozinhar, mas cês entenderam)

Aí uma pessoa abençoada por Rangs apareceu em um dos comentários do Facebook ontem de tarde e hoje à noite - cerca de 2 horas atrás exatamente - a Biblioteca TLGBQIA+ nasceu.




A intenção é não ficar no Facebook, é expandir para algo fora da rede social e também da Internet (Por que não?!), que seja de uso simples e intuitivo para qualquer pessoa que necessitar de informações sobre serviços, saúde, prevenção, segurança, educação, direitos civis, projetos sociais, ONGs, essas coisas básicas que todo mundo deveria ter por default.

Acho que vai, tá sendo feito com carinho, com afinco, com vontade.

E vivendo e aprendendo chuchus...
Um dia de cada vez <3

domingo, 17 de maio de 2015

15 anos de pura beeeeshice

E a única coisa que passa na minha cabeça nesse dia é aquele episódio de South Park em que o Tom Cruise entra no armário do Stan e...


Graças a Eru que já saí do meu há 15 anos atrás.