Pesquisando

Mostrando postagens com marcador espiritualidade. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador espiritualidade. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

saindo dos trilhos para voltar pras trilhas


Voltando da Gira de começo de ano na praia dux Campechex e me sentindo renovade. 
A Roda voltou a girar e todo temor que deixei aglomerar no meu coraçãozinho rude, meio que se dissipou.

Meio porque vivo demais no pragmatismo, e já que meta-meta é a meta pra se manter no equilíbrio, aceito o chamado das boas novas novamente.

Plus, hoje me visitaram em sonhos e deram uns toques sobre como era pra voltar estudar, mas as três décadas de porrada me ensinaram que tá na hora de deixar o papel e lápis de lado e começar a vivenciar. Me lembraram que não preciso provar nada pra ninguém, não preciso pedir nada pra ninguém, apenas sentir. 

(Obrigade você que me fez desviar um bocado, às vezes os desvios é que fazem a gente ter mais maturidade e certeza do que quer, um muito obrigade, viva feliz) 


Agora é fazer alguns ajustes na rotina e adicionar novamente a incrível quarta-feira de volta, porque quarta é AWESOME, sempre foi e eu tinha esquecido disso.

Bejaaaaaaaaaaaaaaas, bas noche e muito axé e luz azul.





quinta-feira, 6 de novembro de 2014

interlúdio - reflexões reflexivas - arma vorpal com trocentos dados de dano

A frase saiu solta após reprimenda:
 - Cê tá é deixando eles grudarem em ti, né? Vai abrindo a guarda, sua bobona!
 
A resposta nem foi tão deliberada, um par de ombros que subiu e desceu em concordância, mas ao mesmo tempo submisso. Estava, era, tudo.
 - Ou abri a guarda pra ver com quem estou mesmo.

Parei de ir ao terreiro.
Parei com um tanto de coisas.
Até ver nos pequenos detalhes da vida que eles estão lá, ainda me guiando.

Isso é bom.
Isso é ruim.

A dúvida permanece, a descrença não aumentou nem um pouco.
O que restou ficou guardado numa caixa. O que for, whatever.

Preciso do tempo pra me recuperar e observar.
Não sei porque me apressei tanto, não precisava ter corrido que nem desesperada.
Tava tudo ali.

Para ilustrar essa reflexão: um LolCat.

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

mais tapas na cara do que o esperado


É o que recebi essa semana em gira de Caboclo.
(E olha que em dia de Exú a porrada vai no ego, mas com Caboclo, meus camaradas... aaaaah o buraco é beeeeeeem mais embaixo)

Mais info sobre wtraios eu falo: http://paimaneco.org.br/

quinta-feira, 24 de abril de 2014

Possível insight

E se toda vez que te procuro nos outros for mais uma prova que na verdade você está mais perto que imagino?

Dá uma mão aew Destino! Coloca mais uma peça nesse quebra-cabeça!