Pesquisando

Mostrando postagens com marcador harry potter. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador harry potter. Mostrar todas as postagens

domingo, 19 de março de 2017

[contos] lacrimosa


Então entre 2000 e 2005 fui formulando uma personagem para RPGs esporádicos de Harry Potter e escrivinhanças pelas interwebs chamada Anna Danwells. Sim, é o meu email pré-adolescente também, obrigade por notar. A "Doida de Pedra" fez parte de um dos meus momentos raros de inspiração completa para a construção de um universo novo dentro de outro. Praticamente dei vida pra criatura literária, desde o nascimento até seu envelhecimento, ela é completinha [x] [x] [x]. E nunca mais mexi nela.

Estava a resgatar emails desde 2005 e acabei parando em um rascunho para ela já crescida e senti essa irresistível vontade de postar aqui. Então se tiver coisa errada, enredo fraco e o escambau, é porque não tinha ainda as manhas, tá? Continuo não tendo, mas melhorei desde aquele tempo (Ou talvez não, sei lá!).


Título: Lacrimosa (por BRMorgan
Cenário: Mundo Mágico Potteriano (J.K. Rowling). Universo Alternativo.
Classificação: 18 anos (violência, PTSD, morte, underage, smut). 
Tamanho: 3.143 palavras
Status: Completa. 
Disclaimer: Os eventos desse fic se passam entre lembranças de 1998 e a dita "realidade" em 2005. Universo Alternativo, Voldemort ganhou, Potter morreu, Dumbledore também, Snape continua vivo e velhaco, McGonagal é diretora de Hogwarts, muita coisa tá trocada!
Personagens: Anna Danwells "Doida de Pedra" Rowan (OOC), Evelyn Avery (OOC), menções de Jennifer Lindstron (OOC), Lorde Voldemort, Narcissa Malfoy, Harry Potter.
Resumo: A mais recente professora de Defesa Contra as Artes das Trevas em Hogwarts conhecida como Rowan "Louca de Pedra" delibera quais são suas metas no mundo sombrio que o Mundo Mágico esconde das pessoas. 

Debaixo do link tem fanfiction velhaca! Sério! De 2005, e caramba, ao revisar esse texto vi como era minha escrita há 12 anos atrás *rindo muito* *rindo mais* - ah! A minha Anna Danwells é essa pessoinha awesome aqui, tá? Qualquer semelhança, não é coincidência.

terça-feira, 1 de maio de 2012

Anarquia no Mundo Potter?

Nesse feriado friorento aqui em Belfalas, algo veio me atormentar às 6h17 da manhã (E não era o celular me mostrando atualização do Troll Like a Girl). Opiniões aqui expressas são de minha inteira responsabilidade, sou eu que fico divagando política em mundos fictícios!

A pergunta pertinente: 
Seria o mundo Potteriano um exemplo de Anarquia Utópica? 
Senta que lá vem teorias sócio-politicas...




Se é que podemos colocar assim a pergunta, mas pensa bem: Quem comanda aquele Mundo mágico lá? Há representação hierárquica além do Ministério da Magia - e que mesmo assim não chega a ser tão como "Detentor de Leis", tá mais para regulamentador de Leis.


Nunca vi a J.K. Rowling comentando sobre as relações entre Ministro da Magia e Coroa Britânica. Ali nos últimos livros há passagens de contatos entre o Ministério e o Primeiro Ministro Britânico por conta dos ataques contra trouxas que Voldemort e seus voldetes estão causando, mas nada concreto se é uma aliança, uma submissão ou qualquer outra coisa. Não há nenhuma dica se eles reportam isso a Rainha ou se há algum representante do Ministério lá no Parlamento, fiquei confusa.

sábado, 14 de janeiro de 2012

Mundo das Trevas no Universo Potteriano

[originalmente postado em 30/04/11 18:05]

Assistir As Relíquias da Morte parte 1 me fez um bem danado.
Tive tantos sonhos absurdos em Hogwarts que jamais teria coragem de relatar aqui – coisas nada a ver podem ser perigosas se analisadas freudianamente – mas realmente esclarecedoras! Por exemplo: A personagem Anna Danwells “Doida de Pedra” Rowan que faz uma aparição pisque-e-perca em The Scientist está morta de acordo com um dos sonhos. E era pra ela viver mais tempo que qualquer um ali só para constar. A Annabelle Dantê se juntou a uma guerrilha obscura no Leste Europeu que faz justiça com as próprias mãos e Rita Skeeter virou apresentadora de talk show ao vivo em rádio bruxa oriunda do Profeta Diário. Sério! Pergunta pro meu subconsciente que ele vai responder que sim!

Como saber disso tudo sem fazer parte do contexto sonhado? Bem, vamos dizer que eu estava de bico na maior parte dos acontecimentos. Eu, eu mesma, não disfarçada de bruxa ou com nenhum adereço ou aparato mágico. Uma n0obie entre os bruxos, quase uma intrusa por assim dizer. Foi frustrante? Um pouco, mas bem mais divertido ao exclamar repetidamente que qualquer coisa que acontecia era porque alguém havia mexido no código da Matrix xDDD

A única coisa que me incomodou em todo o complexo sonho feito em consonância com a minha vontade linda de NÃO acordar foi o de acordar o tempo TODO praticamente quando algo de interessante iria acontecer. Era como assistir filme com o dedo no Pause o tempo todo. Uma das perguntas feitas foi: