Pesquisando

Mostrando postagens com marcador jaime murray. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador jaime murray. Mostrar todas as postagens

sábado, 17 de outubro de 2015

farewell defiance e syfy sucks!

A notícia da semana no mundo fangirlístico foi de ver esse tweet no dia e não entender o contexto:



Aí apareceu no feed do Instagram mais essa:



Só vim entender o que a Rainha Unicórnio havia falado e preparei o coração pra outra apunhalada da SyFy. O trem é o seguinte: não estava mais tão ativa no mundo de Defiance quanto queria, além de ter perdido um pouco da fascinação por esse lenga-lenga de renovação ou não (Estavam nessa de ameaçar a cancelar desde a 1ª temporada), sobrou também um rancorzinho de Warehouse 13 (Meu seriado favorito de todos os tempos, pode apostar nisso).

Não entendo o que raios acontece na SyFy para apostar em projetos enormes e fabulosos para depois jogá-los fora ou deixá-los em segunda opção por coisas menos interessantes. Dominion foi pro saco também e deram mais uma chance para 12 monkeys (Os 12 Macacos, é fizeram seriado daquele filme do Brad Pitt e o Bruce Willis).

Aí apliaram a grade para Ghost Hunters (Huntards), colocaram WWE e lutas suspeitas de MMA no horário nobre e os seriados/filmes toscos de ficção científica em segundo plano. Okay pessoas, WTF O QUE CÊS QUEREM DA VIDA?

Tudo bem que o canal é subsidiária da Universal e passa só os categorizados "B" em produções, mas caçamba! O nome do canal é SyFy! Vocês queriam o quê?!

É uma pena porque Defiance estava expandindo muito muito muito bem no universo canônico e do game, muitas coisas estavam para acontecer e havia muito background a ser explorado. Fico triste em saber que as produtoras não estão interessadas em ver como é o mundo aqui fora, não se empenham em transmedia (Além da tv, participação efetiva em redes sociais) e ficam bitolados naquelas pesquisas de ratings que é uma cilana (Bino!) sem fundamento.

Eles não entendem que o público agora está consumindo seus produtos de forma diferenciada e em outras plataformas. Não se dedicam para tornar esses espaços alternativos uma forma mais avançada de propagar seus serviços e pelo jeito mais outra produção fantástica vai para o ralo porque alguém disse: "Ah, tá gastando muito dinheiro e ninguém vê na Tv" pelamordezeus...

A coisa que mais me aborrece agora é que os fãs vão fazer campanha de #RenewDefiance ou #SaveDefiance e não vai correr bem - acreditem tentamos com Warehouse 13, até os atores se envolveram na campanha e necas...

Então é assim que acontece na vida de fangirl e seus problemas, Defiance foi pro limbo, sei lá o que vai acontecer com o jogo e meu interesse quanto a produções da SyFy foi para zero. Se a Rainha Unicórnio tiver por lá, beleza, vou seguindo, mas ficar esperançosa de um seriado sobreviver mais que 2 temporadas com eles? Nopes.

Vida de fangirl é difícil, gente... Muito damage nos feels...

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

motivos para se ver Warehouse 13 - H.G. Wells quotes

E Eddie McClintock posta no Vine uma porta de trailer com um cartazinho pregado com o nome da criatura. É pra matar qualquer fangirl!!

Razões irrevogáveis do porquê se deve amar o "pai" da ficção-científica na versão remasterizada de Warehouse 13:

1 - Não era um cara legal com bigode vitoriano, era uma MULHER übber-awesome;
2 - Tall, hot, raven haired, British-bitch-accent;
3 - Cientista, inventora, escritora, romancista, filósofa, pesquisadora, agente federal, espiã e mãe;
4 - Fornecia as ideias para Charles, o irmão mais velho. Este escrevia os livros e ganhava os créditos pelas obras de ficção-científica como Guerra dos Mundos, A Máquina do Tempo, Ilha do Dr. Moreau, etc;
5 - Background totalmente indo para o típico herói trágico, mãe solteira com pouca idade, a filha Christina foi morta em um assalto na casa dos primos, recrutada pela Warehouse 12 por sua fama secreta de invencionices, acabou cometendo alguns delitos feios por sua obsessão em querer voltar no tempo para salvar a filha, foi "congelada" em bronze para não fazer mais besteira (NOT REALLY!);
6 - "Acorda" 100 anos depois na Warehouse 13 para ser a cabeça pensante do antagonista da 2ª temporada - James McPherson. Acaba que ela própria se tornou a vilã-mor de todas as temporadas;
7 - Eye sex e subtexto subentendido bem nas entrelinhas com Myka ALL THE FREAKING TIME! (Não tem como negar, srs. roteiristas)
8 - Uma professora e tutora de Claudia Donovan, mesmo Artie não querendo. As duas são ótimas juntas na hora de arrumar a bagunça na WH13;
9 - Jaime Murray interpreta ela naturalmente até quando não está no papel;
10 - O verdadeiro H.G. Wells poderia ser mesmo uma mulher. Sabe o quanto isso precisa ser reprocessado até ter uma lógica maluca funcionando? Porque TUDO encaixa, desde os detalhes biográficos (Wells era a favor do voto feminino, o voto livre e financiou muitas lutas feministas no século 19 e 20) à parte ficcional que o seriado colocou em questão.
11 - O melhor fandom para agonizar em dor e angústia;
12 - Maçãs. Ela sente aroma de maçãs quando a Warehouse quer dizer algo para ela (ninguém da equipe tem essa ligação tão forte com a Warehouse).







Créditos de todos os gifs para a linda ApplesWells no Tumblr.
*pompons pompons girando*

domingo, 21 de julho de 2013

Resumão da SDCC 2013

Resumo de meu interesse, é claro. Não vou fazer retrospectiva de um evento internacionalmente visitado, concorrido, planejado, de 3 dias sem parar em um único post.

A San Diego Comic-Con desse ano (2013) trouxe diversas atrações para todos os tipos de nerds inseridos nessa Realidade vigente. Para essa nerd aqui, os painéis da emissora SyFy Channel foram os eventos mais importantes ever, as outras novidades eu pesquei por um bocadinho de tempo, mas tentei não me prender muito senão não conseguiria manter o ritmo no LiveTweet com o fandom lá na convenção. E elas escrevem muito, MUITO!

Na sexta foi Defiance, com o cast todo, falando sobre o sucesso da 1ª temporada, expectativas dos envolvidos e como sempre, Jaime Murray roubando a cena (novamente) com a quote:



Não é só você, darling: posso me identificar perfeitamente nessa situação.
O painel todo tá postado aqui, mas provavelmente haverá algum link no YouTube fabuloso para podermos baixar. A fofa da Ms.Murray não só presenteou sua presença no evento, como visitou tudo que poderia em sua programação, incluindo a after party de The Walking Dead na qual conseguiu a foto épica com Joanne Kelly. A strongwoman62 fez um post muuuuuito legal lá no Tumblr sobre essa demonstração de afeto aos fãs que a Ms. Murray tem, vale a pena dar uma lida e sorrir bobamente pelo carinho que algumas pessoas têm pelo seu próprio trabalho e pelo reconhecimento que ganham (De certa forma me é uma inspiração linda de profissionalismo e amor ao que faz). E Julie Benz foi escolhida como a Prefeita da Comic-Con por participar tantas vezes que até perdeu a conta (Poxa é desde a época de Buffy em 1996), já que não é mais a prefeita de Defiance, ohohohohohohoho...

sábado, 20 de julho de 2013

Bering & Wells fandom - a foto!

Então de madrugada isso aconteceu!

<3 OMGOMGOMG Jaime is kissing meeeee, squeeeee!! <3

Finalmente a foto tão esperada que o fandom pedia desde o final da 2ª temporada de Warehouse 13, aconteceu! Joanne Kelly - a criança animada que parece que ganhou um elogio muito legal, além de um beijo da garota bem bonita que ela tinha uma crush há muito tempo A.U. aqui vou eu - estava fugindo de Eddie McClintock e Jaime Murray durante as festividades da San Diego Comic-Con 2013.

Graças as lágrimas de unicórnio eeee o sangue de dragão, Capitão Murray chegou primeiro e conseguiu pegar (uia!) a Joanne para uma foto - dizem as más línguas que ela é tímida pra caramba, não gosta muito de ficar circulando e ocasionalmente só fica perto do elenco de WH13, não tem conta no Twitter e olhe lá, canadenses...

O momento Bering & Wells, o fandom de angústia e dor - eternizado nessa foto. Tudo bem que está um bocado estranha, mas mesmo assim valeu a espera. E as duas são lindas e cuuuuuuuties <3 E hoje de noite acontece o painel de Warehouse 13 com a última aparição do elenco todo (Já que cancelaram a melhor série steampunk/sci-fi de todos os tempos né?). Ficarei de plantão para cheers yeeeeeeeeeeey chega de animação que tá um frio do caçamba aqui nos Portos Cinzentos!

quarta-feira, 17 de abril de 2013

Defiance: um novo modo de se assistir seriado

Preparem-se porque a overdose de ficção-científica vai chegar as tampas após esse post. É muito fangirling pra pouca pessoa poder não extrapolar.

Tudo começa com Defiance, um projeto ambicioso da desconhecida Trion Worlds e a SyFy Channel juntar MMO de third-person shooter (blergh!) e seriado tudo ao mesmo tempo. Crossovers everywhere, game influencia série, série faz parte dos eventos do game, insira um gif bem agitado de uma menininha totalmente alucinada após eu completar essa sentença.

Cê num tá entendendo, mermão! Sci-fi é minha 2ª paixão - a 1ª é coisas gregas cheias de chororô - e juntou com um enredo que proporciona crossovers (E fanfictions, milhares delas/deles) e JAIME MURRAY! #prontofalei


TL;DR - tem paciência para narrativas de fangirls histéricas? Quer saber o que acontece em Defiance? E o que tanto me deixa empolgada sem mesmo ter visto o piloto ainda? Clica aí embaixo e seja feliz (Ou não). Quaisquer dúvida, sugestão ou reclamação podem ser direcionadas para minha pessoa ali nos comentários. Se não, deixa baixo.

$(function(){$.fn.scrollToTop=function(){$(this).hide().removeAttr("href");if($(window).scrollTop()!="0"){$(this).fadeIn("slow")}var scrollDiv=$(this);$(window).scroll(function(){if($(window).scrollTop()=="0"){$(scrollDiv).fadeOut("slow")}else{$(scrollDiv).fadeIn("slow")}});$(this).click(function(){$("html, body").animate({scrollTop:0},"slow")})}}); $(function() { $("#toTop").scrollToTop(); });