Pesquisando

Mostrando postagens com marcador soneca na biblioteca. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador soneca na biblioteca. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

sonhos malucos e com detalhes - a freira, o whiskey e as bonecas russas

Iron nou sobre vocês, mas os sonhos pirados que ando tendo debruçada no balcão da biblioteca durante a soneca pós-almoço estão ficando CADA VEZ mais weirdos.

Dessa vez era uma história sobre um internato de meninas, década de 40 ou 50 talvez, onde havia uma lenda de alguma coisa (Só peguei partes da histróia, porque ou era uma das meninas, ou tava sendo uma das professoras) que as atacava de noite e as deixavam na enfermaria por dias.

Hello, vampiro? I'm on it!

Depois cortou para várias repetições de cenas, só que de diversos ângulos psicológicos da história toda - e entre esses cortes de cena tinha esse formato de "fechar" a história (Spoiler alert, a criatura não era sobrenatural, era uma freira louca que machucava a quiançada por sadismo, btw, acho que era a mesma freira de um sonho sobre trancar freiras em armários) como uma daquela bonecas russas Matryoshka, uma camada abrindo a próxima com a mudança de perspectiva.

Ge-zuis, chegou uma hora em que eu JÁ SABIA wtf ia acontecer, e decidia trocar gente de lugar só para ver o que acontecia. A bendita da freira percebia, aí fui atacada, só que tinha uma garrafa de whiskey debaixo da minha cama (totalmente compreensivel se você aparenta ser alguém pertencente a uma instituição privada de ensino) e cacetada nela até parar de se mexer.

Realmente essas garrafas são duráveis.

Depois ia pra cena final, a freira raivosa, pingando chuva, lama e sangue, encurralando um bando de garotinhas e alguns professores e eu no meio tentando fazer ela parar/desistir/deixar atacar/whatever.

No último take antes de eu acordar com o alarme do celular foi de estar bem perto dela, pelo lado de trás e estar pronta para pular em cima dela com muita muita revolta (E algo me diz que ela atacpu alguém que eu gostava no sonho).

Conclusão: Irmã Selma, SAI DOS MEUS SONHOS!!
$(function(){$.fn.scrollToTop=function(){$(this).hide().removeAttr("href");if($(window).scrollTop()!="0"){$(this).fadeIn("slow")}var scrollDiv=$(this);$(window).scroll(function(){if($(window).scrollTop()=="0"){$(scrollDiv).fadeOut("slow")}else{$(scrollDiv).fadeIn("slow")}});$(this).click(function(){$("html, body").animate({scrollTop:0},"slow")})}}); $(function() { $("#toTop").scrollToTop(); });