Pesquisando

Mostrando postagens com marcador warehouse 13. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador warehouse 13. Mostrar todas as postagens

sábado, 10 de maio de 2014

por que Syfy POR QUE?!

Evitei de ver os 2 últimos episódios de Warehouse 13, muita coisa IRL pra resolver, aí tiro esses minutos pra poder saber o que raios perdi né?

FECK YOU SYFY, FECK YOU!!
*esperneia até deslocar alguma articulação*

Bem, publicações no Tumblr irão amenizar o rage attack.
*vai chorar no cantinho*

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

motivos para se ver Warehouse 13 - H.G. Wells quotes

E Eddie McClintock posta no Vine uma porta de trailer com um cartazinho pregado com o nome da criatura. É pra matar qualquer fangirl!!

Razões irrevogáveis do porquê se deve amar o "pai" da ficção-científica na versão remasterizada de Warehouse 13:

1 - Não era um cara legal com bigode vitoriano, era uma MULHER übber-awesome;
2 - Tall, hot, raven haired, British-bitch-accent;
3 - Cientista, inventora, escritora, romancista, filósofa, pesquisadora, agente federal, espiã e mãe;
4 - Fornecia as ideias para Charles, o irmão mais velho. Este escrevia os livros e ganhava os créditos pelas obras de ficção-científica como Guerra dos Mundos, A Máquina do Tempo, Ilha do Dr. Moreau, etc;
5 - Background totalmente indo para o típico herói trágico, mãe solteira com pouca idade, a filha Christina foi morta em um assalto na casa dos primos, recrutada pela Warehouse 12 por sua fama secreta de invencionices, acabou cometendo alguns delitos feios por sua obsessão em querer voltar no tempo para salvar a filha, foi "congelada" em bronze para não fazer mais besteira (NOT REALLY!);
6 - "Acorda" 100 anos depois na Warehouse 13 para ser a cabeça pensante do antagonista da 2ª temporada - James McPherson. Acaba que ela própria se tornou a vilã-mor de todas as temporadas;
7 - Eye sex e subtexto subentendido bem nas entrelinhas com Myka ALL THE FREAKING TIME! (Não tem como negar, srs. roteiristas)
8 - Uma professora e tutora de Claudia Donovan, mesmo Artie não querendo. As duas são ótimas juntas na hora de arrumar a bagunça na WH13;
9 - Jaime Murray interpreta ela naturalmente até quando não está no papel;
10 - O verdadeiro H.G. Wells poderia ser mesmo uma mulher. Sabe o quanto isso precisa ser reprocessado até ter uma lógica maluca funcionando? Porque TUDO encaixa, desde os detalhes biográficos (Wells era a favor do voto feminino, o voto livre e financiou muitas lutas feministas no século 19 e 20) à parte ficcional que o seriado colocou em questão.
11 - O melhor fandom para agonizar em dor e angústia;
12 - Maçãs. Ela sente aroma de maçãs quando a Warehouse quer dizer algo para ela (ninguém da equipe tem essa ligação tão forte com a Warehouse).







Créditos de todos os gifs para a linda ApplesWells no Tumblr.
*pompons pompons girando*

domingo, 21 de julho de 2013

Resumão da SDCC 2013

Resumo de meu interesse, é claro. Não vou fazer retrospectiva de um evento internacionalmente visitado, concorrido, planejado, de 3 dias sem parar em um único post.

A San Diego Comic-Con desse ano (2013) trouxe diversas atrações para todos os tipos de nerds inseridos nessa Realidade vigente. Para essa nerd aqui, os painéis da emissora SyFy Channel foram os eventos mais importantes ever, as outras novidades eu pesquei por um bocadinho de tempo, mas tentei não me prender muito senão não conseguiria manter o ritmo no LiveTweet com o fandom lá na convenção. E elas escrevem muito, MUITO!

Na sexta foi Defiance, com o cast todo, falando sobre o sucesso da 1ª temporada, expectativas dos envolvidos e como sempre, Jaime Murray roubando a cena (novamente) com a quote:



Não é só você, darling: posso me identificar perfeitamente nessa situação.
O painel todo tá postado aqui, mas provavelmente haverá algum link no YouTube fabuloso para podermos baixar. A fofa da Ms.Murray não só presenteou sua presença no evento, como visitou tudo que poderia em sua programação, incluindo a after party de The Walking Dead na qual conseguiu a foto épica com Joanne Kelly. A strongwoman62 fez um post muuuuuito legal lá no Tumblr sobre essa demonstração de afeto aos fãs que a Ms. Murray tem, vale a pena dar uma lida e sorrir bobamente pelo carinho que algumas pessoas têm pelo seu próprio trabalho e pelo reconhecimento que ganham (De certa forma me é uma inspiração linda de profissionalismo e amor ao que faz). E Julie Benz foi escolhida como a Prefeita da Comic-Con por participar tantas vezes que até perdeu a conta (Poxa é desde a época de Buffy em 1996), já que não é mais a prefeita de Defiance, ohohohohohohoho...

Noite Serena uma ovah

Tá, está sereno lá fora e uma acumulação de fog se possível, chuva o tempo todo, mas noite serena? De jeito maneira.

Tem um vampire kittie na minha janela
SDCC2013 (San Diego Comic Con 2013) tem resumido as minhas noite no fim de semana por 2 motivos principais: Defiance e Warehouse 13. Esses dois seriados são minha ponte para o sci-fi que estava precisando há muito tempo (Assistia Stargate, mas não era a mesma coisa!) e enquanto um será renovado para a season 2, o outro está indo para o limbo cósmico por terem cancelado.

Os dois painéis foram ótimos de acordo com o LiveTweet do fandom  - e duuuuuuude é massivo a precisão de detalhes que as meninas que estavam lá deram sobre a conversa entre os atores e toda a equipe, bless them all! - mas o de Warehouse 13 está me deixando com aquela sensação de que irei chorar pelo resto da semana como foi no episódio 04x15 Instinct. Do not want, vou evitar ver os vídeos o máximo possível, apesar do Tumblr dar o gosto amargo toda vez que entro. Fazer isso de madrugada é final de carreira, então deixo para o dia iluminar um pouco os caminhos, assim posso me encolher em posição fetal e chorar pela minha série favorita só ter mais 6 episódios, em 2014, quando a SyFy (a emissora que transmite WH13 para o resto do mundo, menos aqui no Brasil, é claro) quiser. Méh.

Vendo o Sol raiar, ulalá!
Então, noite serena, sereninha, sereníssima, com esse clima de inverno, as notícias do mundo do fandom indo no modo angst, mas em IRL sendo ótimas, percebo que essa rotina de ficar de madrugada nerdando while everything is silence (Precioso, precioso) está acabando com meu físico nada exemplar. As dores corporais viraram diárias, cansaço mental no meio da tarde é clássico (cair no sono inesperadamente) e definitivamente os sonhos não andam sendo os melhores.

Entendam: nunca fui uma pessoa noturna. Não tenho muitos hobbies noturnos, não tenho costume de me manter de olhos abertos por muito tempo se há coisas legais para se fazer na cama (oooops) enquanto estou sonhando. Mudar a rotina de vigília está sendo praticamente um erro não calculado - e eu estava esperançosa de conseguir manter o ritmo pelo menos por mais um mês antes de começar as aulas - e fazendo mal pra quiançada aqui no recinto (Eu, no caso. Não contamos o marinheiro irlandês porque nem acordado ele está no momento).

Em suma: madrugar sucks! Morfeu você ganhou, vou voltar ao meu horário de costume que eu ganhava mais inspiração literária desse jeito. E sim, lavarei os pratos e as panelas ASAP, big boss...

sábado, 20 de julho de 2013

Bering & Wells fandom - a foto!

Então de madrugada isso aconteceu!

<3 OMGOMGOMG Jaime is kissing meeeee, squeeeee!! <3

Finalmente a foto tão esperada que o fandom pedia desde o final da 2ª temporada de Warehouse 13, aconteceu! Joanne Kelly - a criança animada que parece que ganhou um elogio muito legal, além de um beijo da garota bem bonita que ela tinha uma crush há muito tempo A.U. aqui vou eu - estava fugindo de Eddie McClintock e Jaime Murray durante as festividades da San Diego Comic-Con 2013.

Graças as lágrimas de unicórnio eeee o sangue de dragão, Capitão Murray chegou primeiro e conseguiu pegar (uia!) a Joanne para uma foto - dizem as más línguas que ela é tímida pra caramba, não gosta muito de ficar circulando e ocasionalmente só fica perto do elenco de WH13, não tem conta no Twitter e olhe lá, canadenses...

O momento Bering & Wells, o fandom de angústia e dor - eternizado nessa foto. Tudo bem que está um bocado estranha, mas mesmo assim valeu a espera. E as duas são lindas e cuuuuuuuties <3 E hoje de noite acontece o painel de Warehouse 13 com a última aparição do elenco todo (Já que cancelaram a melhor série steampunk/sci-fi de todos os tempos né?). Ficarei de plantão para cheers yeeeeeeeeeeey chega de animação que tá um frio do caçamba aqui nos Portos Cinzentos!

quinta-feira, 11 de julho de 2013

MusiK: No light, no light - Florence + the Machine


Uma coisa que me chamou atenção em Florence Welch - além de sua voz exuberante e insanamente impossível e o fato dela ser ruiva - foi o cacife lindo que a maravilhosa Dido deu a ela no Oscar de 2011 para cantar em seu lugar a trilha do filme 127 horas "If I rise" (Sorry, ninguém postou uma versão decente da apresentação no YouTube, mas vale a pena!).

Não costumava prestar muita atenção no trabalho dela, uma música aqui e ali, "Kiss with a fist" era divertida, "My boy builds coffins" sombria, mas também alegrinha, e de repente o mundo desaba quando usam uma música dela em um episódio de Warehouse 13  - que vocês já devem saber é minha obsessão atual de fandom e coisa e tal. A música foi "No light, no light" e transpareceu absolutamente TUDO que a season finale quis mostrar entre todos os personagens e as situações terminais do último capítulo.

Temos de um lado a equipe sendo obrigada a sair do armazém por Paracelsus (É, o cientista maluco da Renascença interpretado pelo magnífico Anthony "Giles" Stuart Head) comandar os esquemas todos e ameaçando trazer tudo abaixo, Claudia Donovan techgirl FTW cutch-cutch neném próxima zeladora do armazém sendo mais uma vez badass e querendo lidar com a situação ela mesma no modo mais nerdy-geeky-I-has-the-Powah-of-a-Jedi-Master, e para o desespero do fandom mais catastrófico e incompreendido da ficção-científica moderna: Myka OPHELIA Bering no leito de algum Hospital, pronta para ser operada por um possível câncer de ovários.

Muita emoção pra pouca pessoa.

Aí fui prestar atenção na letra da música (Que usualmente é a última coisa que faço quando ouço algo diferente e novo) e caiu como uma luva até para situações pequenininhas que ando passando - não com os feelings do seriado, mas bem IRL o angst também impera às vezes - foi o gatilho para uma porção de inspirações novas e mini rascunhos aqui dentro da cachola. Uma coisa que já me disseram sabiamente é que experiências dolorosas são ótimas para se criar Arte, então de certa forma devo estar no caminho certo, porque essa música foi como uma explosão de coisas cintilantes, purpurinadas e festivas aqui.

Já perceberam na continuidade do ritmo? E o imperceptível som da harpa? Se você for canalizando um som de cada vez, a experiência com a música muda a cada instante. Terrivelmente viciante.

Entonces, Florence Welch é uma cultista do Êxtase, sidhe übber awesome ou um anjo? (Ou os três tudo junto?)

segunda-feira, 8 de julho de 2013

Final de temporada: Defiance + Warehouse 13

É sempre a mesma coisa. Fandom chorando antes da hora, gente se mobilizando para confortar as outras, muitas postagens no Tumblr com MAIS angst e pain do que era possível, ameaças leves contra o produtor principal (Everybody hating Kenny ritenao!), twitter chat com o elenco de Defiance (Todo, I mean, TODO!), fangirls indo ao delírio com mensagens subliminares (Nunca junte as palavras squeee, simultaneous e multiples na mesma frase), mais angst, mais pain e Florence + the Machine.

E eu pensando que suportar esse ship seria fácil.


Já sofri por antecipação - vi a season finale de Warehouse 13 no domingo graças a um escorregão feio da Syfy Channel em vender o DVD da 4ª temporada ANTES de terminar na Tv (EPIC FAIL DUDES!), aí um filho de Eru foi lá e colocou nas webs - e deixar spoiler escapar pode ser perigoso (Esse Bering & Wells é unido até o último instante que o ship afunda! E spoilers não são bem-vindos).

Mas creio que fiquei satisfeita com o que vi. Teve dramalhama, teve decisões a serem feitas, teve emoção e teve resoluções. Não teve H.G. Wells (yummy omnomnom), mas teve esperança, porque o que mais corta o coração é saber que uma série que você se identificou tanto vai ficar quase 6 meses de hiatus e voltar APENAS com 6 episódios para terminar de vez.

Defiance vai entrar em hiatus também, isso quer dizer que terei que inventar alguma coisa para ocupar o fangirling ao invés de choramingar pelo subtexto não ter virado texto. Agora em uma perspectiva criptografada só para mim mesma: Jaime Murray, sua arruinadora de mentes inocentes de meninas românticas!

É, fã sofre.

$(function(){$.fn.scrollToTop=function(){$(this).hide().removeAttr("href");if($(window).scrollTop()!="0"){$(this).fadeIn("slow")}var scrollDiv=$(this);$(window).scroll(function(){if($(window).scrollTop()=="0"){$(scrollDiv).fadeOut("slow")}else{$(scrollDiv).fadeIn("slow")}});$(this).click(function(){$("html, body").animate({scrollTop:0},"slow")})}}); $(function() { $("#toTop").scrollToTop(); });