Pesquisando

Mostrando postagens com marcador webseries. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador webseries. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Direto do Tumblr - Rage Psycho Rachel e Couple-ish

Essa websérie foi criada, escrita e produzida pela Kaitlyn Alexander (a.k.a. LaFontaine de Carmilla the series), e conta a confusão que uma colega-de-quarto (Rachel, interpretada pela Sharon Belle - ela também fez a Danny Lawrence em Carmilla) arranja ao "mentir" para o governo canadense sobre estar casada com a dona do apê (Dee - interpretada pela Kaitlyn) para manter o visto estrangeiro por mais um momento até conseguir renovar.
(E não ser deportada e ficar no olho da rua e não ter mais amigos e família e ser uma completa negligenciada pela sociedade)

O que parece ser uma solução viável e não tão horrível assim, vem acompanhada de muitas responsabilidades e compartilhamento de rotinas. A irmã de Dee, Ames, decide então dar uma incrementada nessa farsa: o falso casal deveria vlogar seu relacionamento como aqueles famosos canais de celebridades do YouTube. Cês sabem, para vender o peixe melhor... Talvez alguém lá da embaixada desse uma olhada e visse o quanto as duas se gostavam e se convenciam que Rachel deveria ficar.
(Lembrando que no Canadá tem casamento homoafetivo faz um tempão e seguem as mesmas legislações dos heteronormativos, com divisão de bens, guarda de filhos e o escambau. Eles não brincam no serviço não!)

Couple-ish pode ser assistido aqui [x] e olha só que legal! Tem legendas em português!! Como amo esse fandom do tampão!! Updates nas quartas-feiras e sábados lá pelas 18h ou 18h30 aqui no Brasil (5 P.M. de Toronto, tem uma diferença de 1h por aí), só se inscrever no canal que a notificação vem assim que o vídeo é colocado no ar.



Estamos no episódio 8 e tudo está uma bagunça tão danada que não vejo muito futuro para o "feliz casal" se tornar de certa forma canon. A grande lição aqui é como o seriado mostra como 2 pessoas totalmente diferentes podem encarar certas situações da vida pelo amor à amizade. Porque pra mim o único ship que sai velejando aqui é de Ames e Rachel, as duas tem uma dinâmica tão boa que parece que uma fagulha de paixonite está ali esperando alguém jogar um pouco de gasolina.

Eeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee como sou fangirl da Sharon Belle (Rachel), fiquei impressionada ao ver essa reação nada convencional dela saindo de um estado de apatia e cansaço para uma explosão de raiva assassina. Nisso que dá quando sua colega-de-quarto não entende que aumentar a vitrola com música clássica não é para perturbar as pessoas, mas sim para evitar ouvir certas atividades sendo propagadas do outro lado da parede, arrém...

sábado, 8 de novembro de 2014

Carmilla Series - Love will have its sacrifices


Okaaaaaaay vampiros na Literatura estrangeira... Então... Bem... É, isso vai render um post quilométrico de coisas absurdas que já passaram pelas telonas, telinhas e páginas.

I srsly tenho cisma com vampiros. Não, sério! Não gosto deles como personagens, não sou chegada em simpatizar, but damn! Vampires are sexy as Hell >__________<

A carne é fraca por uma simples razão, a gente sucumbe primeiro ao desejo antes de finalmente colocar a mão na consciência (Wait, what?), e vampiros fazem exatamente isso comigo.

As decepções televisivas foram muitas - óbvio Hollywood - mas os nostálgicos sempre tiraram um breve sorriso de meu rosto. Drácula do Coppolla (Gary Oldman pra mim é canônico!), trio Louis, Lestat e Claudia da tia Arroz, Drusilla de Buffy a Caça-Vampiros, tou esquecendo alguém? Oh sim: Heather Campbell do Liam Kyle Sullivan.

Na Literatura só considero o Drácula do Bram Stoker e as sereias.
Ora vejam só! Não sabia que as sereias no mito grego eram vampiras? Agora sabe ^_____~
Aladas, com cabeças de mulheres e corpo bizarro.
E gritavam pra cacete.
E arrancavam sua cabeça com um golpe e bebiam seu sangue depois disso, pergunte ao Odisseu, e aos argonautas, galera sabe o que viu.


domingo, 15 de janeiro de 2012

Dia Histórico na Nerdice Suprema

[originalmente postado em 12/07/11 22:32]

Como o meu léxico foi lavrado pelo entusiasmo crescente das obras-primas de Joss Whedon, apenas digo que hoje foi o dia Histórico para a minha vidinha nérdica. Vi pela primeira vez Dr.Horrible Sing-along Blog.

E tive uma ótima tarde ao lado da incrível Max Summers (Ou Dani Figueiredo como muitos mortais a conhecem) - vendo The Guild 4ª temporada, Legend of Neil e tendo ataques de fangirling de diversas espécies.

O melhor de tudo foi saber que a @maxsummers foi tragada pelo Universo Azerothiano e está se enterrando no WoW novamente. Perdoo a parte de ser da Alliance, Gnome e Mage. Tudo bem, tudo bem, ela não gostou de saber que eu seria Alliance no Universo de Firefly. Browcoats jamais entenderão a diversão extra que se tem do Lado Hands of Blue do ‘Verse.

E ganhei um leprechaun de brinde! Nome pro carinha? Oscar… É vocês já sabem do que estou falando hehehe.

Meus olhos estão me matando hoje.
$(function(){$.fn.scrollToTop=function(){$(this).hide().removeAttr("href");if($(window).scrollTop()!="0"){$(this).fadeIn("slow")}var scrollDiv=$(this);$(window).scroll(function(){if($(window).scrollTop()=="0"){$(scrollDiv).fadeOut("slow")}else{$(scrollDiv).fadeIn("slow")}});$(this).click(function(){$("html, body").animate({scrollTop:0},"slow")})}}); $(function() { $("#toTop").scrollToTop(); });