Pesquisando

Mostrando postagens com marcador after the storm. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador after the storm. Mostrar todas as postagens

domingo, 10 de agosto de 2014

domingos são os piores


Uma coisa que venho aprendendo substancialmente em todo minuto de minha vida de escriba agora é que há muito o que se fazer. 

Na maior parte do tempo me sinto uma amebinha muito babaca, mas inteiramente apaixonada. É uma boa forma de se descrever o estado mental de hoje, num domingo chato, sem muita movimentação e uma série de desencontros (ressaca moral, sensação familiar de adormecimento corporal, nostalgia ruim do caçamba em momentos agradáveis, etc) para manter aquela veinha latejando no canto da têmpora.
And there will come a time, you'll see, with no more tears. 
And love will not break your heart, but dismiss your fears.


Argh! Se eu pedir pra ser menos doloroso, não seria a mesma coisa.
Bora terminar esse domingo logo, porque amanhã é o 1º dia de aula.
$(function(){$.fn.scrollToTop=function(){$(this).hide().removeAttr("href");if($(window).scrollTop()!="0"){$(this).fadeIn("slow")}var scrollDiv=$(this);$(window).scroll(function(){if($(window).scrollTop()=="0"){$(scrollDiv).fadeOut("slow")}else{$(scrollDiv).fadeIn("slow")}});$(this).click(function(){$("html, body").animate({scrollTop:0},"slow")})}}); $(function() { $("#toTop").scrollToTop(); });