Pesquisando

domingo, 15 de janeiro de 2012

Momentos de reflexão com Faith Lehane - Buffy The Vampire Slayer

[originalmente postado em 19 de março de 2009 às 17:42]

Esse é meu review sobre a personagem Faith Lehane dos seriados Buffy the Vampire Slayer e Angel.

Ela em Buffy - tVS - é um tanto redundante. Óbvia, eu não diria, mas repetitiva, mas como deveria ser alguém que tem sérios problemas psicológicos como ela. A agressão e a raiva estão lá, mas veladas pela simpatia do Grupo Scoobie e principalmente pela a tão notória Caçadora loira.
Ela tenta de tudo para manter a Faith na "normalidade", às vezes dá umas foras fenomenais, mas faz parte quando você não entende bem o que se passa na cabeça da pessoa que supostamente, em teoria, deveria ser igual a você.

Aí vem tudo de uma vez só e quando menos percebemos, lá está a Faith pedindo a vaga do Mr. Trick.
Para mim não foi um choque, mas como um alívio.
Todo mundo tem que conhecer o fundo do poço pra poder se reerguer.

Eu prefiro ela em Angel, sinceramente. O jeito dela é mais selvagem e terrivelmente insano. Ela age sem limites e não se importa com as conseqüências (Coisa que a Buffy tem neurose aguda o tempo todo!). O que mais me cativou foi a falta de valorização que ela dava a si mesma em Angel. Em Buffy víamos ela como a Bitch-Slayer, a garota que todo mundo quer ficar por perto, a contadora de histórias (Outra coisa que achei muito fofo da parte dela e psicológicamente correto pra quem viveu a infância cercada de solidão e um demônio-vingativo como amiga imaginária O__o), a femme-fatale que conquistava todos os garotos (E se meus sonhos perversos estiverem conectados com milhões de fangirls, isso foi com a Buffy também). Já em Angel ela quer se divertir, bater nos outros e pede ao Angel pra terminar logo com a vida dela.
Simples assim.

Acho que foi a única atitude interessante na vida/morte chata do Angel.



Eu gosto de ficar matutando sobre a cena em que ela está torturando o Wesley e faz a pergunta aleatória: "Já imaginou se fosse diferente? Se fosse o Giles nessa cadeira e não você?", às vezes interpreto como: "Se eu fosse a Buffy (Ou, eu quero ser a Buffy?), eu não estaria fazendo isso." ou pode ser também: "Se você não fosse tão idiota (E fosse o Sentinela que me ensinasse as coisas certas), eu seria uma mocinha boazinha.", ou simplesmente pode ter sido obra do Acaso mesmo. Acho que a Lehane não teria coragem de torturar o Giles, querendo ou não, ele foi o próximo de Sentinela que ela teve depois da Diana Dormer.

O Joss caprichou na personagem quando foi para Angel, e na 7ª temporada de Buffy percebi isso também.

A conversa dela com o First Evil transformado em Prefeito Wilkins mostrou o quanto ela valoriza a confiança do pessoal que apostou nela. Eu achei o diálogo de cortar o coração, pq o cara jogou na cara dela o quanto ele conhecia ela realmente como ninguém jamais poderia conhecer.
Seria mais emocionante se ele oferecesse um copo de leite com cookies para ela.
Quando ele fez isso na 3ª temporada, eu morri de rir/chorar, a típica reação de pai/mãe ao cuidar de um filho/filha.
Ver se ele está comendo direitinho.

Anyways... Faith Lehane só fica legal depois que vai para o Angel. Aí sim dá para entender todo o processo de deterioração de sanidade na cabeça dela (Os quadrinhos da 8ª temporada mostram como ela lida com as "vozes" que ficam enchendo ela com: "Mate a Buffy e os seus problemas estarão resolvidos!").
Sociopatia seria um bom termo para ela, mas acho que o famoso diagnóstico "falta de atenção e carinho" caberia nesse caso.

Fangirl como sempre, sempre vai defender o objeto de admiração em questão. Entonces estava eu passeando pela Desciclopédia e vejo esse artigo maravilhééénho sobre a Faith...

Além de morrer de rir calada e quase engasgando com a água que eu estava tomando, concordei com cada palavra. A última parte foi a que me fez o/ o/ o/, povo da Desciclopédia: saibam que conseguiram tirar o sorriso de uma quiança élfica trombadinha carente.

Coisa para se amar na Faith?
Ela é psycho-bitch. Só isso já faz o meu mundinho insano celebrar pela má-companhia.
E pq ela teve uma vengeance demon quando era criança, então...

Anyways, estou esperando o Go ask Malice e como o prazo de entrega era de 52 dias (???), acho que esperar mais 25 dias vai me deixar mais ansiosa. O pior é que já fiz de tudo procurando o tal livro pela net, em PDF pra baixar e nada ninguém teve a brilhante idéia de scannear e compartilhar com a galera.

Tem da Buffy tbm, mas acho desnecessário comentar isso em um post só falando da Faith ¬¬'

[Edit] É uma coisa bizarra!
Mas gostaria de fazer Psicologia para estudar esse fenômeno:
E ontem eu matutando sobre a Faith e olha só o que duas meninas da Irlanda (WTF?) escreveram sobre as impressões sobre ela:
http://faithsolace.com/index.php?/faith/breakdown/